Pokémon Rpg Online
Bem vindo ao Pokemon Rpg online!
Se você ja é um jogador faça login.
Se é visitante e quer começar a jogar, registre-se!
Mas se quer ver o forúm primeiro para decidir se entra ou não aperte
"Não exibir mais".
Ah,vote em nós no top Brasil,é de graça!!!

Ass:Rafa Kimura'

A estrada pelos olhos de um gato

Ir em baixo

A estrada pelos olhos de um gato

Mensagem por 96Neko em 4th Setembro 2014, 16:33

O início do começo -qq

avatar
96Neko

Poke Regras :
Número de Mensagens : 3
Idade : 22
Localização : Dormindo sobre algum galho de árvore...
Data de inscrição : 04/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A estrada pelos olhos de um gato

Mensagem por Njoy' em 4th Setembro 2014, 18:21

Pois bem, comece.
avatar
Njoy'
Treinador Pokémon
Treinador Pokémon

Poke Regras :
Masculino Número de Mensagens : 5541
Humor : I'm very crazy
Data de inscrição : 01/05/2012

Ficha de Personagem
Insignias Conquistadas :
1/1  (1/1)
Fitas Conquistadas:
1/1  (1/1)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A estrada pelos olhos de um gato

Mensagem por 96Neko em 5th Setembro 2014, 00:12

treino de Cyndaquil, a captura do Vulpix, e o início de novas amizades, e o começo do início, e etc, etc, etc...



- 12:34 pm, New Bark Tawn, Johto.

Saí do laboratório de maneira calma e relaxada, como costumava andar sempre, mas algo estava diferente. Definitivamente diferente. Um brilho tomava conta do meu olhar, indicando leves traços de ansiedade que insistiam em mudar minha expressão normalmente tão calma e madura para a de uma criança que acabará de ganhar um brinquedo novo. E o pior, eu nem estava ligando. Me dirigia para fora da cidade visando conhecer com alguma calma meu mais novo companheiro, e começar o nosso treinamento. Sim, acreditava que tanto pokémon quanto treinador deveriam lutar juntos, e o treino se aplicava a mim também. Segui pela pequena estrada de terra que me levaria para fora da pequena cidade e acabaria por passar dentro de um bosque que havia nos arredores de New Bark, e logo as casinhas sumiram da minha vista ficando muito atrás de mim e eu deixei a cidade. Só então, longe de qualquer olhar curioso de possíveis espectadores apertei o passo e comecei a correr animada em direção ao bosque que eu já conhecia tão bem, deixando que um grande sorriso tomasse conta do meu rosto.

 Não muito tempo depois alcancei o bosque, e logo a paisagem ao meu redor começava a se transformar para um matagal repleto de árvores e arbustos com frutinhas. Por lá pequenos pokémons tipo inseto seguiam suas rotinas alegres, e alguns sons de pokémons maiores poderiam ser ouvidos ao longe, vindo do coração do bosque. Eu havia passado toda a minha infância em New Bark, e devido a esse fato visitava com frequência aquele bosque, conhecendo já de cor todas as espécies que ali habitavam e as estreitas passagens que me levariam cada vez mais fundo no bosque até uma clareira na qual eu costumava brincar desde criança. Me posicionei no meio desta, pegando minha pokébola de dentro da minha velha bolsa lateral preta, e atirando-a contra a grama fofa enquanto chamava pelo meu mais novo amigo.

- Cyndaquil, saia para ver a luz minha criança!!! Hehe, brincadeirinha.

 Assim que a pokébola se chocou contra o chão, como se obedecendo ao meu chamado uma luz forte saiu de dentro da mesma, tomando a forma de um Cyndaquil bem ao lado de onde a ball havia caído. Animadamente revirei minha bolsa a procura da minha pokedéx e apontei em direção ao pokémon esperando pelas informações que a mesma me daria sobre o pequenino. Em questão de segundos a imagem do Cyndaquil já estava refletida na tela, e logo as informações começavam a surgir através de uma voz robotizada que deixava o aparelho.




 "Cyndaquil, o pokémon rato de fogo, totalmente sem pelos ou penas ele é capaz de poderosos ataques com o seu lança chamas de suas costas. Ele é um pokémon naturalmente tímido. Quando está assustado, surpreso ou nervoso; as chamas de suas costas queimam mais intensamente. Quando está fraco, não tem forças para acender o seu fogo."

- Pokémon rato de fogo? - Parei para analisar o pequeno de cima abaixo, antes de chegar a mais óbvia conclusão desse mundo... - Não... Ta mais para um tipo de tamanduá que solta fogo ou algo assim... Déx-san você falhou.

- Cyndaquiiil!!!

- Olá, eu me chamo Natsume Hibiki, mas me chamam de Kuroneko. Vamos ser amigos, sim?

 Me abaixei brevemente estendendo minha mão para o pequeno pokémon afim de cumprimenta-lo, e por incrível que pareça o mesmo estendeu para mim sua pequena patinha respondendo ao meu cumprimento. Era realmente muito inteligente, já havíamos começado bem! Direcionei a ele um confiante e largo sorriso, antes de me levantar e iniciar o que seria uma análise do ambiente a minha volta. Treinar com um pokémon de fogo no meio de um bosque com tanto verde poderia ser um pouco perigoso, mas creio que não faria mal se não exagerássemos, além do que, estávamos em uma clareira agora, e tínhamos algum espaço para treinar sem precisarmos nos preocupar. Fixei meus olhos em uma grande pilha de troncos secos e reconheci como nosso primeiro alvo, antes de dar meu primeiro comando ao Cyndaquil. Realmente iríamos com tudo!!!

- Vamos treinar um pouco esta bem? Vejamos o que podemos fazer juntos... Vê aquela grande pilha de troncos? - Dei uma pausa apontando para nosso alvo, para que meu pokémon também pudesse vizualiza-lo com mais clareza... - Aquele será o nosso primeiro alvo! Vejamos... Quero que use o ataque rápido!!!

- Quiil!!!

 Entendido o meu comando Cyndaquil avançou em alta velocidade contra os troncos, e o resultado foi um ataque extremamente rápido, sem margem para esquivas, e com um bom dano. Uma boa combinação, os troncos não tiveram a mínima chance e logo se encontravam partidos, em pedaços espalhados pela grama. Então parei para pensar um pouco, e avistando um conjunto de três árvores que cresciam dentro do circulo que formava aquela clareira, ergui meu braço apontando para as mesmas e em alto som gritei meu próximo comando para Cyndaquil. Mas não sem antes parabeniza-lo pelo sucesso do último ataque. Óbvio que eu conhecia bem os ataques do meu pokémon, visto que havia pesquisado bastante antes de escolhe-lo, mesmo já sabendo que escolheria ele. Sempre fui apaixonada por pokémons do tipo fogo por causa da minha falecida mãe adotiva, ela sempre me dizia que meus olhos vermelhos refletiam meu coração, quente e forte como o fogo. Parece bobo, mas foi o suficiente para me fazer criar uma grande fixação com pokémons deste tipo. 

- Muito bem Cyndaquil, isso foi incrível! Agora quero que use o lança chamas naquele conjunto de árvores, mirando bem no meio delas!!!

 Mais uma vez o pequeno se moveu rapidamente em direção ao seu alvo, porém com velocidade inferior a usada anteriormente contra os troncos. Se aproximou até ficar a uns 8 metros das árvores, quando parou e sugou todo o ar que pode para dentro de seus pequenos pulmões, inflando o peito e fazendo as chamas de suas costas arderem com mais força. E logo soltou o ar pela boca em forma de chamas, algo parecido a um furacão de fogo na horizontal que se dirigiu as árvores se chocando com força contra as mesmas e incinerando-as quase que instantaneamente. Ixi, eu que não iria querer irritar aquele Cyndaquil. Observando mais uma vez os ótimos resultados da série de ataques que fizemos na clareira, me preparei para o próximo turno, porém quando já começava a pronunciar meu próximo comando o pequeno pokémon caiu sentado, e as chamas de suas costas diminuíram  visivelmente indicando o cansaço do meu companheiro.

- Excelente Cyndaquil, agora use o... Ãhn... Cyndaquil? Esta cansado amigo? Tudo bem, pode tirar um descanso, você merece! Parabéns!!!

 Terminando minha fala me aproximei devagar, pegando-o no colo orgulhosa, e voltando para o meio da clareira, antes de retirar de minha bolsinha um pano, um pote com alguns petiscos e uma garrafinha de água. Sim, eu andava preparada. Forrei o chão, servindo em um pratinho alguns petiscos, e em uma vasilha um pouco de água para meu pokémon, que aceitou de bom grado. Enquanto Cyndaquil comia eu observava a paisagem ao nosso redor com expressão tranquila, porém ligeiramente cansada de ficar gritando comandos com tanta determinação e movimentos desnecessários. Eu precisava mesmo aprender a me comportar, mais parecia uma criancinha gritando durante uma partida de algum jogo! Hehehe

[Fim do treinamento de Cyndaquil, e começo da captura do Vulpix, que por sinal é macho.]

 Passados alguns minutos, Cyndaquil e eu parecíamos ter recuperado as nossas forças e nos preparávamos para mais uma seção de treinamento antes de deixarmos o bosque, porém ainda não imaginávamos que nem ao menos chegaríamos a treinar novamente, e tudo seria muito mais real e intenso do que antes com as árvores e troncos. Antes que conseguíssemos reacionar uma pequena bolinha de pelos vermelho-escuro pulou para fora de um arbusto, e correu em nossa direção, roubando um dos nossos petiscos e levando novamente para perto dos arbustos de onde saíra, começou a come-lo mordida por mordida. Admirada e sem perder mais tempo, agarrei minha pokedéx de dentro da minha bolsa e apontei na direção do pequeno pokémon, e nossa, como ele era fofo!!! Logo as informações começaram a surgir...




  "Vulpix, o pokémon raposa. Quando nasce possuí apenas uma cauda, porém a medida que cresce essa se divide em seis. No interior do corpo do Vulpix arde uma chama que nunca se extingue. Durante o dia, quando sobe a temperatura, este pokémon libera chamas pela boca para evitar o calor. "

 Não pude evitar o brilho sinistro que se instalou em meus olhos carmesim ao observar aquela pequena figura... Tão fofo, e ainda era um pokémon de fogo! Ele tinha que ser meu!!! Convicta e cheia de energia me levantei deixando cair tudo que estava em meu colo, incluindo os petiscos e meu pokémon, que de início se assustou, mas logo se recompôs e se preparou para a batalha que ele sabia que estava por vir. Apontando a pequena figura, (Sim, eu gosto de apontar meus alvos para poder visualiza-los bem assim como meus pokémons, e fazendo pose ainda, porque eu sou diva), comecei a re-lembrar o nosso treino anterior, colocando o golpe usado nos troncos em pratica, aproveitando para testar seu efeito em uma batalha real. Eu usaria o máximo dos ataques corporais de meu Cyndaquil, visto que ataques elementais não funcionariam bem contra um pokémon do mesmo tipo.

- Vamos la Cyndaquil, lembre-se do nosso treino mais cedo! Use o ataque rápido!!!

 Exatamente como no nosso treino, Cyndaquil correu na direção do Vulpix soltando uma grande quantidade de fogo pelas costas em velocidade superior a normal, e se preparou para acertar o ataque rápido, porém quando estava a meio caminho do adversário, a pequena raposinha pareceu perceber a nossa aproximação repentina, e atirou contra Cyndaquil três pequenas bolas de fogo, um ataque que eu não conhecia, acertando em cheio meu pobre amigo que não teve tempo de desviar, e fazendo-o voar de volta na minha direção. Preocupada corri em sua direção apanhando-o ainda no ar e sendo jogada de costas no chão, amortecendo a sua queda.

- CYNDAQUIL!!! Ouch! Você esta bem?

- Cynda-quil!

 Me recuperando do golpe anterior, me levantei do chão sacudindo a poeira e deixando meu companheiro no chão em frente a mim, antes de parar para pensar por alguns segundos. Como conseguíramos acertar aquele Vulpix sem sermos acertados antes por suas bolas de fogo? Outro ataque? Talvez devêssemos apenas mudar de tática e tentar um novo ataque! Me preparando para nosso próximo movimento apontei Vulpix, (de novo), antes de dar a Cyndaquil as próximas instruções...

- Cyndaquil quero que use o mesmo movimento de antes, porém use primeiro a cortina de fumaça, e então o ataque rápido, mas corra em zig-zag!!!

 Obedecendo aos meus comandos, Cyndaquil usou o cortina de fumaça, bloqueando a visão do adversário, e imitou o movimento anterior, porém correndo em zig-zag, mudando de direção constantemente. Não demorou muito para Vulpix iniciar seus disparos de bolas de fogo, porém devido a inconstância da direção de Cyndaquil e visibilidade zero, seus ataques nem ao menos puderam tocar meu companheiro, e em poucos segundos uma explosão de fogo anunciou a colisão entre as duas pequenas criaturinha, e ao baixar a fumaça, o resultado já era óbvio. Cyndaquil estava de pé, confiante olhando para Vulpix nocauteado no chão. A pequena raposa de fogo havia perdido os sentidos momentaneamente, e finalmente eu teria minha chance de capturá-la. Me aproximei correndo e atirei a pokébola conta a pelagem fofa e avermelhada do Vulpix, antes de observar o mesmo se disfazer em um vulto de luz branca e entrar na pokébola, que se sacudiu por alguns segundos apitando, antes de piscar indicando a captura bem sucedida e parar onde estava.

 Com os olhos brilhando de alegria, corri em direção ao meu pokémon, agarrando-o pelas laterais e jogando-o algumas vezes para cima antes de aperta-lo contra meu peito e pular de alegria! Era a minha primeira captura bem sucedida e deveríamos comemorar!!! Parabenizei-o, antes de pegar a pokébola que continha nosso mais novo companheiro do chão, e esfrega-la contra minha blusa limpando a poeira de sua superfície, parando então para encara-la com os olhos brilhantes de emoção e orgulho.

- Bem vindo a equipe pequenino. Seremos grandes amigos!!! Vamos Cyndaquil, isso merece uma comemoração especial, vamos sair daqui e ir comer alguma coisa! De novo... Hehehe

[Fim da captura]


Esclarecimentos: Fiz um double-post que começou com o treino de Cyndaquil, e terminou com a captura do Vulpix.


Legenda

Narração/pensamentos/ações
Falas Natsume
Falas/sons Cyndaquil
Off




Spoiler:
Spoiler:
Spoiler:
Spoiler:
Spoiler:
Spoiler:
Spoiler:
Eu não acredito que você chegou até aqui! 
avatar
96Neko

Poke Regras :
Número de Mensagens : 3
Idade : 22
Localização : Dormindo sobre algum galho de árvore...
Data de inscrição : 04/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A estrada pelos olhos de um gato

Mensagem por Tec' em 5th Setembro 2014, 21:13

Válidos
Treino: 4 Star
Captura: Boa

Seu texto está muito bom, achei alguns pequenos erros, não use "Ixi" em uma narração, apenas em falas.
Faça uma batalha maior, e de preferência não repita os ataques.




Spoiler:

Créditos a Ana :Sr:




Faz o passin do romano -q
avatar
Tec'
Treinador Pokémon
Treinador Pokémon

Poke Regras :
Masculino Número de Mensagens : 1889
Idade : 16
Data de inscrição : 01/11/2013

Ficha de Personagem
Insignias Conquistadas :
1/1  (1/1)
Fitas Conquistadas:
1/1  (1/1)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A estrada pelos olhos de um gato

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum