Pokémon Rpg Online
Bem vindo ao Pokemon Rpg online!
Se você ja é um jogador faça login.
Se é visitante e quer começar a jogar, registre-se!
Mas se quer ver o forúm primeiro para decidir se entra ou não aperte
"Não exibir mais".
Ah,vote em nós no top Brasil,é de graça!!!

Ass:Rafa Kimura'

Jornada ─ Ghaele

Ir em baixo

Jornada ─ Ghaele

Mensagem por ─ Sephynar. em 31st Julho 2014, 14:02

Jornada, Ghaele

Catch, train and evolutions.  











-
avatar
─ Sephynar.

Poke Regras :
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 31/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por ─ Sephynar. em 31st Julho 2014, 15:18

Caminhando em busca de um sonho
Liberte-se, corra para seu destino!




A brisa que compunha o enredo da tarde aparentemente ensolarada transpassava através das grenhas do pequeno garoto que deslizava; dando pequenos passos sincronizados. Este havia acabado de receber seu primeiro Pokémon em Pallet. Sua expressão era tão feliz que mordiscava os cantos dos lábios, uma euforia imensa. Seguindo-se pela rota de saída da cidade, idealizava como seriam suas aventuras, a maneira que seu destino poderia lhe surpreender na medida com que avançava.
Contudo, isto não era a única novidade, pois eu tinha comigo um grandioso aliado que seria um dos pilares para eu poder alçar todos meus objetivos. Meu primeiro Pokémon, meu primeiro tesouro o qual eu deveria transpor amor, carinho, e todas as necessidades para que ele sentisse que não está sozinho, eu irei por ele e ele por mim.
O bosque por onde a trilha estava conduzindo-o, detinha uma bela paisagem floral, contudo o que mais lhe encantava era o ciclo em que os Pokémons viviam, todos detinham um papel formidável numa cadeia de tarefas, protegendo aquele âmbito e seus habitantes.
Era possível notar uma vasta quantidade de espécies e tipos. Era um mundo novo, tanto que o mancebo não hesitou em passar a mão sob seu bolso direito e afagar sua pokedéx, logo foi identificando tudo o que via. Os pequenos, médios e até um grupo um pouco mais isolado da trilha. No entanto um pequeno estrondo, fez com que o mesmo, vacila-se e ficasse apreensivo. Uma pequena Nidoran, era atormentada por um tyrogue, visto a tamanha covardia o jovem impôs-se frente a eles.


Pare ai Tyrogue, não vê que ela está se sentindo incomodada!


Proferiu numa tonalidade vocal extrema porém sem efeito algum, o olhar repleto de fúria agora visou o garoto, que tremulou e sacou a pokébola contendo seu Pokémon, Charmarnder.
Ao lançá-la, um brilho no feixe rubro expandiu-se trazendo a tona o Pokémon de tom alaranjado e uma pequena chama em sua cauda. Frente um ao outro, eles encaravam e estudavam pelo olhar, no entanto tyrogue fora mais rápido e astuto, desferindo o primeiro golpe. Era um tackle bem executado levando o golpeado Charmander para trás, numa brevidade seus pés se deslocaram do solo, porém repousou com maestria, com um olho aberto e outro sentindo o impacto.


Você é melhor CHAR, você consegue, eu sei!



Eu o incentivei e o coloquei onde ele deveria estar pronto para revidar. Minha boca balbuciou de forma tão calma que o pequeno lagarto laranja já empreendia uma velocidade maior, a força de vontade em se superar estava sendo colocada a prova. Ante um metro a nova investida do antagonista, Charmander redirecionou seu corpo com auxilio de sua cauda para amplificar a velocidade do giro, e enquanto executava isto, esticou sua garra esquerda assim, possibilitando um arranhão com mais força. Entretanto a investida havia acertado junto, fazendo-o cambalear para trás novamente, porém deixando Tyrogue muito mais furioso, só que agora com um arranhão em sua face.




UUUUUUUUHA! VOCÊ É O MELHOR CHARR, Vamos colocá-lo em nosso grupo char? Você não acha que ele tem o mesmo desejo de vitoria que nós dois?




Parecia que sim, os dois e aquele outro tinham de alguma forma um laço de união ainda a ser criado; a maneira com que seus olhares cruzavam-se era firme e sem hesitar. Prontos para o ataque, novamente Ghael ditou a seu Pokémon. – É essa a hora, vamos com tudo char!! Dê seu melhor lança chamas!!  –  A boca de seu parceiro abria-se e seu pulmão começava a encher de ar. Comprimindo este e logo após expelindo-o, era magistral, a densidade das chamas iam de encontro em cheio ao Pokémon lutador. Não houve chances, caindo assim nocauteado. E assim eu pude jogar minha primeira pokebola, a emoção e sensação eram indescritíveis fazendo até com que meus olhos lagrimejassem.   A bola meio vermelha e alva balançava-se de um lado para o outro piscando, até que isto cessou e seu novo companheiro Pokémon o destino havia acabado de lhe conceder.
avatar
─ Sephynar.

Poke Regras :
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 31/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por Njoy' em 31st Julho 2014, 18:10

Avaliação:
Regular.
Gostei de seu texto, mas a batalha poderia ter sido melhor aproveitada.
avatar
Njoy'
Treinador Pokémon
Treinador Pokémon

Poke Regras :
Masculino Número de Mensagens : 5541
Humor : I'm very crazy
Data de inscrição : 01/05/2012

Ficha de Personagem
Insignias Conquistadas :
1/1  (1/1)
Fitas Conquistadas:
1/1  (1/1)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por ─ Sephynar. em 1st Agosto 2014, 19:38




O começo!  
that's comming...






O belo por do sol havia se esvaído, e em seu lugar estava agora residente à noite.  Acarretou de que o caminho onde estava detinha a poucos metros uma pequena elevação do solo; uma montanha não tão grande e nem um pequeno calo na terra. Seria ali que seria feito o repouso e cuidados de seus amigos, Char e Tyrogue. O semblante de grande felicidade era teu sorriso; eu expelia vivacidade, era a fúria e a necessidade jovial de crescer e viver aventuras.
Minhas grenhas embaraçadas, pouco escorridas com uma tonalidade amarronzada um pouco peculiar, devido ao brilho do luar e agora da chama da cauda de seu Pokémon ganhava um tom semi  rubro. Seus  Pokémons estavam fora de suas respectivas bolas e fitavam enquanto o treinador preparava-lhes algo para comer, seria um petisco noturno. Mas aquela não seria a totalidade da finalidade; repousar? Enquanto estiver acordado você pode realizar tarefas, e como o dia não havia sido tão farto  com capturas e outros, resolveu Ghael que deveria treinar seus parceiros na calada do luar.
Em quanto os pokémons transpassavam o alimento por suas bocas, ouviam atentamente o que Ghael vós dizia. – Amigos hoje irão treinar no escuro. Eu acho que será legal, devo advertir vocês de que eu estou muito louco para que dê certo – Parecia engraçado, pois Ghael tinha um sorriso com um olhar semi-aberto, dando um tom meio maléfico, e vacilou deixando escapar um pequeno suspiro de entusiasmo.
As instruções pareciam básicas, porém como todos ali eram inexperientes e talvez sua primeira captura tivesse sido por pura sorte, detalhou para seus pequenos. – Seguinte Char. Eu quero que você se concentre o máximo, fazendo com que seu corpo todo comece a esquentar uniformemente, e respire bem fundo, faça com que o ar fique leve elevando-o seus níveis em seus pulmões, e quando for expelir, realize para cima. Não tenha pressa, vamos aperfeiçoar sua melhor característica; suas chamas! – O olhar seguiu ao Pokémon lutador, houve uma pausa para recompor a saliva e balbuciou com um fulgor enorme em seu peito; há quem não goste de uma boa luva, porém ali estava uma chance muito peculiar. – Você tyrogue... Precisa de uma característica na luta, ter algo que fuja a os padrões, apenas força não vence uma luta. Sua evasiva precisa melhorar, e seus punhos precisam de mais agilidade. – O garoto retirou da bolsa um par de luvas feito com couro e dentro uma massa especial que fazia com que cada lado da luva tivesse cinco quilos a mais. – Vamos coloque isso, se acostume primeiro alongando e  fazendo seu corpo se acostumar um pouco. – Enquanto o Pokémon lutador percorria girando os braços e dando pequenos jabs ao vento o Pokémon salamandra,  parecia totalmente incandescente; quando isto, expeliu abruptamente para os céus uma boa quantidade de chamas, porém não  era aquilo, seu treinador tinha ciência que poderia ser melhor, mais que flamas, aperfeiçoar é um constante equilíbrio de força de vontade e calma.
Eu aproveitei que a chama da cauda do charmander estava a se manter elevada e pude usufruir da luz, era algo que deixava bem melhor a visão, porém agora frente a Tyrogue as coisas iriam fervilhar também. Pousou a mão sobre a esquerda do Pokémon fazendo-o imitar algum de seus movimentos, seus punhos iam de encontro, da esquerda para a direita e vice-versa. Os socos alternavam-se entre chutes curtos, pequenos  giros com cotoveladas e ao fim um chute aberto longo.
As repetições duravam toda noite, tardando algumas horas de treino as chamas de charmander já não eram produzidas com tanta intensidade, e os movimentos das mãos de tyrogue iam ficando lentos na medida em que desferia os golpes.  – Char! Bom, acho que você já deve ter gasto mais do que energia suficiente, exercitar esse golpe pode lhe fazer um dia soltar uma imensa torre de chamas, isso é intenso, ISSO É ALGO FORTE MEU AMIGO!        Um dia você irá se tornar um Charizard, mas antes precisamos que seu lança chamas supere nossos inimigos, podendo assim torná-lo invencível! – Era indiscutível a felicidade do Pokémon, finalmente estava indo a repouso, tomando água e agora sim, comendo toda a comida que havia na bolsa. Enquanto boquiabertos ficavam seu treinador e seu amigo de time. Todavia Ghael virou-se para o lutador  e proferiu em um tom exausto também. – Agora você, tire as luvas, e vamos fazer a ultima repetição! – Agora sem as luvas, o Pokémon iniciou a sequência  tão veloz que nem ele mesmo chegou a acreditar, eram socos que iam ao vento causando uma pequena deslocação de ar, a sua própria mão causava um efeito de corte.  Os chutes foram bem melhores também, o equilíbrio estava em seu modo natural. Os combos entre penas e murros estavam sincronizados e pareciam deter algum talento. – Hahaha, vamos firme até você se tornar um hitmonchan certo? Tem muito potencial! PARA CIMA !!!! – O treinador exaltou seu companheiro, já sentando próximo a eles, agora todos respirando fundo e admirando as estrelas que pairavam pela cortina negra da noite. Seria agora o merecido repouso.




avatar
─ Sephynar.

Poke Regras :
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 31/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por Haxys em 3rd Agosto 2014, 06:17

4 Estrelas.

Você escreve muito bem e só tenho algo para lhe dizer "continue assim" xD.








avatar
Haxys
Treinador Pokémon
Treinador Pokémon

Poke Regras :
Masculino Número de Mensagens : 302
Idade : 19
Humor : Depende ¬¬
Data de inscrição : 31/03/2013

Ficha de Personagem
Insignias Conquistadas :
1/1  (1/1)
Fitas Conquistadas:
1/1  (1/1)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por ─ Sephynar. em 3rd Agosto 2014, 20:11





Bem vindo à selva de pedra!
Rock tunel.
Train+catch




Conspirando a favor da maré, o rapaz detinha a seu lado toda empolgação necessária para adentrar em uma nova aventura, seguindo os conselhos e dicas de um rapaz que havia tido contato na cidade. E com isto ainda havia um mapa para guia-lo, o caminho era tão sublime e exuberante que o esplendoroso doce cheiro exalado pelas cerejeiras que haviam perto concedia um fino toque a caminhada.  O clima era totalmente de foco perde-lo agora seria muito imprudente, o púbere não sabia o quão perigoso poderia ser aquele âmbito, entretanto, seus passos iam aumentando gradativamente.  Seria o ápice de testes que este iria fazer com seus companheiros; claro pois a montanha detinha diferentes níveis e segundo as informações cada canto dela uma espécie residia. Aquilo excitava, deixando pairar sob a atmosfera um suspense inerente.  
Os passos foram diminuindo conforme Ghael visualizava o mapa, parecia que estava na trilha correta, sendo que logo a frente poderia já ser vista a entrada da montanha. Ele apenas precisava passar por dentre uma densa flora a frente, o que realizou com facilidade  com apoio de seu charmander. A entrada poderia já ser vista e parecia realmente um templo. Sua edificação era assimétrica tendo sua entrada centralizada, e sob ela transcritos aparentemente antigos.








O rapaz de aparente calmaria agora antes de entrar pelo túnel, sacou seus Pokémons para a guarda. Houve uma pequena hesitação de sua parte, ele checou para ver se estava tudo nos conformes e necessidades. A forma de seus aliados nunca foi tão plena quanto aquela. Seria o teste de tyrogue, charmander iria apenas iluminar e dar cobertura. A caçada era deter experiência em combate e não ser derrotado custe o que custar.  Logo era possível ouvir o passo dos três; o solo de terra batida agora tinha a pegada deles, o caminhar era sincronizado com o movimento de seus orbes oculares. No teto era possível ver pequenos zubats pendurados, e alguns golbats também, ambos estavam incrivelmente calmos, o que não era tão comum de se ver.
Seguindo alguns passos mais a frente, o garoto viu-se numa bifurcação. Abria-se agora um leque de rotas e caminhos que poderiam ser seguidos, e curiosamente alguns eram para frente dando segmento a entrada da caverna, outros iam para cima e dois destes para baixo. A mente do rapaz não processou o que talvez fosse previsível, ou não. Algumas hipóteses eram formuladas e comentando baixo com seus companheiros deslizava para o lado direito onde estava a bifurcação que levava para baixo, em níveis mais escuros. Quando viu-se ao virar a pequena descida um pokemon o surpreendia; sua aparência era levemente parecida com a de Tyrogue, mas detinha uma tonalidade acinzentada.
Eu apontei a minha dex para ele e verifiquei o que poderia ser, este era um Machop, um pokemon lutador que estava em sua fase inicial, era a hora perfeita, erguendo o braço esquerdo eu vociferei para que Tyrogue fosse a frente para a batalha. Seria punho contra punho, a vontade versos a vontade de cada um deles. O inimigo era rápido, enquanto Tyrogue ainda imprimia velocidade para cima o antagonista já estava dois passos à frente com  o braço erguido e descendo-o sob a cabeça do pokemon de Ghael. – CUIDADO TYROGUE, DOUBLE TEAM! VAMOS PEGA-LO DESPREVINIDO!!! – Após recompor-se do golpe, seu corpo agora era multiplicado e rodeando machop ele foi afunilando o cerco para que pudesse ter uma abertura melhor. O momento de soltar o seu até então mais forte trunfo estava próximo, tanto que  ao ouvir a ordem, deu um jab de esquerda; focus punch! O murro parecia que um trem colidia com uma arvore, de modo reto o golpe acertou o maxilar do antagonista que caia para trás, no entanto levantava-se rápido passando a palma de sua mao sob a boca. O olhar o pokemon cinza era um vermelho tão rubro que poderia se dizer ser puro fogo. Isto fez com que seu pokemon também se inflamasse, e foram um para cima do outro novamente detendo este espirito no olhar. – Segura a guarda Tyrogue, abaixe-se e dê a ele um chute baixo e faça o giro completo de movimentos que já havíamos treinado!! – A excelência da execução era perfeita, beirava a soberba, pois quando a investida de machop com um jab direito veio, tyrogue já estava perto do solo se esquivando e dando uma rasteira rápida. O timing que aconteceu sucedeu outro movimento; com a mão esticada deu na cabeça do rival com a força do corpo inclinado e já de sua breve queda fazendo com que o golpe tivesse mais precisão e força de ataque.








Foi lindo ver aquele movimento sincronizado e organizado, era uma vitória limpa e inquestionável. Charmander comemorou junto a Tyrogue, enquanto caminhavam para frente. A pior parte estava por vir a seguir, um estrondo na parte inferior fez com que as extremidades do túnel todas vibrassem. Ecoando pelo âmbito e chegando perto, eis que surge uma enorme “cobra de pedra”, o pensamento havia flutuado “MEU DEUS, AGORA FUDEU!” um ônix brotava e encarava Ghaele junto a seus pokémons, todavia havia surgido uma brilhante ideia. Usar seus dois pokémons e ver se conseguiria capturar aquele monstro enorme.
Perseverança e fé na vitória, eram sentimentos primordiais e que tornavam-se mais fortes na cabeça do garoto assim como seu batimento cardíaco que aumentava gradativamente. - Charmander, use seu lança chamas para cima dele! Tyrogue costure e tente subir pela cauda dele! – O início da tática era dado, e enquanto seus pokemons seguiam, a grande cobra de pedra deslocava grandes rochas para cima dos mesmos, Tyrogue encontrou facilidade para desviar e continuar, porém, o lança chamas de charmander não havia conseguido obter sucesso. O golpe acertava de frente charmander, que levantou-se com dificuldade após voar alguns metros para trás.
Quando o pokemon lutador grudou na cauda de ônix, o mesmo fez com que ele fosse de encontro cima a um iron tail para charmander. Com a probabilidade de acertar seu companheiro caso fosse reter o ataque com outro, Ghael usufruiu de sua astucia. – Chaarrr use o lança chamas no solo e pule. – A medida preventiva havia sido executada a tempo, pois ao sair do solo a cauda do rival passava como um foguete e aquilo seria fatal. – VAMOS APROVEITAR CHAR, USE CORTINA DE FUMAÇA. – a tática simples era fazer com que com todo aquele tamanho ônix não visse qual seria a próxima movimentação. Tyrogue subia pelas costas e estava a poucos centímetros de ficar perto da nuca de ônix. Seria um golpe único e crítico. Pokemons de pedra são fracos contra lutadores, e descendo charmander executava outro lança chamas. Seguido de um pulo para cima de Tyrogue que comprimia toda sua força ainda restante em seu punho esquerdo. Outrora ônix não estava aguardando para ser surpreendido, mesmo estando com a visibilidade prejudicada executou seu ataque mais forte, stone edge.
Charmander fora nocauteado na hora, ainda estava descendo e não pode desviar-se causando assim sua derrota. Enquanto Tyrogue dava seu último jab, e seguia girando protegendo a cabeça para o chão. Eu tive tempo de me afastar um pouco e em seguida após a poeira dos pedregulhos baixar observar o que tinha acontecido. Tyrogue estava realmente numa forma exemplar, seu golpe como projetado tinha obtido um êxito extremo. E manteve-se frente ao ônix que o fitava porém era possível ver em seu olhar que ia perdendo o brilho quem havia se saído vencedor. A enorme massa corporal de ônix desmoronava aparentemente junto a tyrogue, corriqueiramente lançou a pokebola para tentar a captura de ônix e enquanto a bola balançava-se de um lado para o outro observou que tyrogue estava estranho. Seus olhos e pedaços do seu corpo começavam e exalar uma pequena parcela luminosa, talvez ele estivesse evoluindo... Sim, os momentos seguintes foram de muita ansiedade e cautela por Ghaele. Era o adeus de Tyrogue, e as boas vindas de hitmonchan!  








avatar
─ Sephynar.

Poke Regras :
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 31/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por Son' em 3rd Agosto 2014, 21:12

Avaliação

Realmente um bom texto, conseguiu me prender a atenção e excitar na leitura. Gosto da forma como escreve, descrevendo de maneira bastante minuciosa a batalha, o local e sua emoção. A batalha foi bem interessante, usar os dois Pokémon para unir forças contra um adversário maior e mais intimidador, porém poderia ter sido um pouco melhor aproveitada. De todo modo você está no caminho certo para se tornar um dos melhores escritores do Fórum.

Captura: Boa
Treino: 3 stars


Última edição por Son' em 3rd Agosto 2014, 21:57, editado 2 vez(es)




Por Athena
Spoiler:
avatar
Son'

Poke Regras :
Masculino Número de Mensagens : 1273
Localização : Johto
Data de inscrição : 19/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por ─ Sephynar. em 4th Agosto 2014, 22:10






╳ 〈〈〈〈〈 ❝ Evo-TRADE! ❞ 〉〉〉〉
The steel lord.
▔▔▔▔▔▔▔ ▔▔▔▔▔▔▔ ▔▔▔ ▔▔▔▔▔▔


Se houvesse um lugar tão exótico quanto o qual estava presente o mancebo que esfregava com calma suas grenhas para trás; trazendo ao lado uma pequena franja e o outro, mais precisamente o esquerdo mantinha-se totalmente esvoaçado. Todavia quando este ia à cidade alguma coisa ruim acontecia, ou nada de que planejava realmente saía como pensou. O âmbito em que se encontrava era distinto por deter uma imensa gama de objetos púrpuros e negros. Alguns eram esbranquiçados pela poeira, outros nem sequer dava para se distinguir. O relicário das almas como era cognominado; sim, um antro de possibilidades e ativações. Tudo para que sua ambição tivesse inicio, e a partir disto conversou com o atendente após ele terminar algum tipo de negociação sombria.
Eu pus o olhar fixo em seus orbes também. Mantive uma pequena exaltação e comecei a balbuciar para aquele homem que em minha frente estava. – Ouvi dizer que está é uma ótima loja... – Interrompi minhas palavras devido a um pequeno pigarro e até como forma de esperar que ele pudesse conduzir a resposta da pergunta que se fazia até obvia por partes.
Ouça meu rapaz. O que deseja é poder, o que tens em mãos? – A tonalidade estridente da voz do mercador fez com que tivesse alguns pequenos devaneios; claro, parecia uma tempestade repleta por trovoadas descontroladas.  Obstinado eu pus em cima da mesa a pokebola contendo ônix, ah, disseram que ali eram confiáveis (mesmo não aparentando) e que eram trocas rápidas até, porém, eu duvidava veementemente.
Enquanto projetei a mão no bolso direito, ele proferiu algumas palavras em tom mais calmo, e menos gritante. – Um Pokémon novo? Ahn, tudo bem, será até melhor. Você só precisa me fazer um favor, eu teleportarei ele para um centro Pokémon ao lado de onde estiver. Se tiver algo que queira fazer, sinta-se à vontade. E ahn leve isto com você.  – Aquele cara era doido? Como eu deixaria um amigo meu assim, o que poderia acontecer? Apenas o destino tinha essa surpresa já revelada, que eu não sonhava sequer pelo o que poderia haver. Ele havia dado a Ghaele uma pokebola de tom amarelo, era uma superball.
Aproveitando a oportunidade eu deslizei para a central da cidade, uma tarde tão magistral, que ao norte era possível ver o crepúsculo do pôr do sol, e o saborear da brisa ecoar e balançar com graça e beleza algumas árvores à frente.  O tempo era soberbo e de forma rápida, dava-se à hora de ir ao encontro do mercador. Desfazer a troca, ou seja, lá o que tivesse acontecido,  o caminho era percorrido com tanto entusiasmo que eu nem sequer notei que já estava quase dentro do centro Pokémon. Ao adentrar, pude observar a pouca taxa de pessoas no mesmo e isso era animador dando a possibilidade dê usufruir do sistema de computadores e trocas do mesmo; era melhor assim, tudo com calma e paz.
Ao entrar em contato, ele apenas colocou a bola de “ônix” sob uma plataforma e eu fiz o mesmo, o que houve a seguir era totalmente maluco, uma fora para o lugar da outra. A primeira coisa que o velho fez foi sacar para fora o Pokémon ao seu lado, era um gengar... Meu pensamento não se mantinha organizado muito menos calmo, foi quando eu disparei para fora. E também lancei a pokebolla, fazendo desta sair outro Pokémon que não era ônix, e sim meu objetivo. Um steelix rugia soberano e imponente, o efeito da troca foi satisfatório e até certo ponto muito bem feito, agora resultaria em alguma mudança no Pokémon ou em sei feitio? Pois seu olhar agora era extremamente violento, e suas hastes eram aparentemente afiadas com uma couraça acinzentada de puro metal.





avatar
─ Sephynar.

Poke Regras :
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 31/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por Son' em 5th Agosto 2014, 17:53

Avaliação


Boa


Última edição por Son' em 5th Agosto 2014, 18:31, editado 1 vez(es)




Por Athena
Spoiler:
avatar
Son'

Poke Regras :
Masculino Número de Mensagens : 1273
Localização : Johto
Data de inscrição : 19/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por ─ Sephynar. em 6th Agosto 2014, 18:42






〈〈〈〈〈〈TREINO-SECUNDÁRIO! ❞ 〉〉〉〉〉〉
Fists of honor.

▔ ▔ ▔▔▔▔▔▔▔ ▔▔▔▔ ▔▔▔▔ ▔▔▔▔ ▔▔▔▔▔▔ ▔ ▔







Não foi difícil tirar o  cobertor de cima de mim e sair escondido da cama. Todos estavam totalmente apagados. Acho que nem a explosão de uma bomba iria acordá-los. Mesmo assim, fiquei pensando em como eu poderia treinar melhor meus pokémons enquanto eu me vestia e saía do quarto na ponta dos pés. Afinal, uma bomba podia não acordar todos naquele âmbito; uma pousada para treinadores de pokémons, mas as minhas emoções em turbilhão provavelmente acordariam.
Felizmente, não havia ninguém por perto. Apesar de estar no meio da manhã, o céu estava com cor de hematoma e havia um aroma de tempestade de primavera. No caminho para a rota que me levaria a outra ponta da  cidade, percebi que as glicínias plantadas perto do muro de uma escola estavam brotando com grandes cachos de flores roxas; estas eram uma das mais exuberantes já vistas por mim. Então eu espirrei. Sim, tempestades, flores e alergias. Parecia que o fim do inverno estava próximo e a primavera se aproximava.
Eu não o tinha visto mais desde que eu havia começado a minha jornada eu já havia adquirido alguma experiência e talvez sem exaltar o ego, melhorei e muito os pokémons que eu encontrei pela jornada. No entanto havia um que não estava se destacando ainda. Era hora de querer começar a progredi-lo dar-te mais ímpeto para prosseguir. Colocar as palavras em minha língua, erguer as mangas de minhas blusas e colocar as mãos na massa literalmente. O traçado era observado em meio ao crescer do sol em suas costas. A cidade começava a acordar junto, dando segmento ao que poderia ser considerado em sociedade. As pessoas iam ao mercado, algumas passavam  em postos de gasolina,  outras para seus respectivos serviços; assim iam dando prosseguimento a própria vida.
Chegar frente à academia de punhos de ferro pela manha era sua meta primordial; o aspecto do meu rosto avermelhou, não sabia se seu Pokémon agüentaria ou se sentiria meio acanhado e isso não poderia ocorrer. Os passos firmes foram quase que uma pequena marcha. Ao adentrar no âmbito uma recepcionista muito simpática lhe atendia dando as seguintes instruções: — Aqui temos tudo que é necessário para treinar seu Pokémon lutador, desde pesos até sacos específicos. Gravitacionais e algumas coisinhas especiais. Mantenha-se de olhos bem abertos, você ainda é o primeiro a chegar, mas quase sempre vêem muitos treinadores aqui com seus pokemons para que treinem juntos. Você pode observar e poder assim melhorar sua série de treinamentos. —  Eu achei realmente aquilo que esperava, mal pude sentir meus dedos quando tocaram a caneta para assinar  os termos contratuais e para dar inicio ao treino.
O momento era de abdicar-se  de tudo que havia fora daquela edificação. Na parede eram visíveis grandes figuras de pokemons lutadores e algumas matérias; estas provavelmente de alguém que ganhou alguma luta ou algo similar. Enquanto eu saquei Tyrogue da pokébola, analisei os posters atentamente, alguns tinham explicações de golpes em pé, outras de táticas de submissão, outro que estava a alguns centímetros de distancia explicava sobre como se começar bem o treino; alongando e aquecendo.
Meu olhar manteve-se sempre atento a tudo que via, e eu instrui Tyrogue que fizesse o mesmo.  Enquanto elevávamos os braços e estendíamos as  pernas sob o tatame, alguns treinadores achegavam-se com toalhas sob seus ombros e seus pokemons da mesma forma. Ao bater olho com olho, um bom dia extremamente singelo era dado. A seriedade e reciprocidade dos treinadores eram inquestionáveis. Alguns eram tão imensos que poderiam ser confundidos com outros pokémons grandiosos, e respectivamente seus pokemons eram avassaladores. Eu vi um Machamp que deveria ter quatro metros de largura, eu nunca pensei que aquilo fosse possível.
Terminando a serie de esquentar os músculos esticando e contraindo-os,  demos pequenos trotes em volta do local; alguns aparelhos já eram usados e outros vagos brilhavam pelo zelo e cuidado que aparentemente todos tinham por aquele centro de treinamento. Findando a sessão  para que o coração não acelerasse tanto e que a massa não fosse queimada com uma  simples corrida de aquecimento logo deu-se inicio o treinamento. Algumas flexões com pesos na parte de trás da costela;  a coluna. Esticados braços e pernas um lado a lado do outro, eu me mantive firme por dois segundos e baixei,  respirei e quando subi soltei o ar, fazendo isto outra vez. Tyrogue fazia o mesmo, mantendo o olhar a frente focalizando um saco preto de pancada, fatalmente  sabia que iria usar aquilo.
Para quem os via pela primeira vez ali, percebia algo diferente; o treino era justo para ambos. Se um fizesse o outro ia fazer também. A reciprocidade emanava em cada olhar, o ímpeto de extremo esforço demonstrava o quanto queriam ir longe, o suor escorria já como lágrimas. Por volta da centésima flexão.  Ao terminar a seqüência, hidrataram-se e voltaram agora para os sacos. Cada um deles tinha um peso especifico, porém que não determinava a dureza e sim seu peso gravitacional. Ao tocar neles a força exercida  era imposta sob os membros. Logo quando começaram foram para o de peso iniciais sendo estes 10 quilos. Porem quando o punho dos dois bateram no alvo, uma pressão fez com que seus olhares vacilassem; sim a pressão bateu forte na  lateral esquerda para a direita e expandiu-se para a parte superior e inferior do corpo ecoando por entre artérias e órgãos.
Aquilo ia exaurindo a força de ambos, porém com um olhar desafiador pularam dos míseros dez quilos, para o intermediário de cinqüenta. A área do punho era maior, e ele era mais macio de se bater porem seu peso gravitacional realmente fazia a pressão baixar, tanto que Ghael rangeu os dentes de dor. Seu corpo contraiu-se e logo após relaxou, foram duas sequencias médias, e cinco fracas. O ultimato era feito com força total. — VAMOS TYROGUEEE!!!!!!!!!  — Mostrei como era se sacrificar em prol de obter resultados. O reflexo segurou totalmente o impacto e ao olhar para o lado pude observar Tyrogue firme e forte, resistente, resistindo esperando à hora de pausar por hora aquele treino.  Sim, infelizmente não havia mais forças para eles gastarem, eram novos e aquilo era uma academia profissional.
Ao abdicar e sair, era necessário observar num ringue não tão distante à direita um hitmonlee distribuindo chutes numa velocidade jamais imaginada enquanto um primeap e outro Hitmonchan faziam uma tirada de luva espetacular. Os golpes todos entravam e saiam porem nenhum deles vacilava em soltar a guarda ou desistir de ficar de pé; este era meu objetivo, mesmo que fosse impossível jamais arredar para trás.
Ao cumprimentar alguns que ainda sim continuavam seus treinamentos, após um período de duas horas, os dois se despediram da academia e visando um belo banho sob o sol que reinava; talvez um banho no lago ou uma fonte para relaxar e poder organizar os pensamentos.



avatar
─ Sephynar.

Poke Regras :
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 31/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por Son' em 6th Agosto 2014, 21:15

Avaliação


Um ótimo texto, bela descrição dos locais por onde passava, tanto de sua parte física, quanto da atmosfera dos mesmos. A emoção de treinador e Pokémon ao treinarem juntos, partilhando de mesma experiência e dor. Ambos determinados em alcançar o objetivo, mesmo ainda não possuindo tanta experiência.

Seus textos são sempre bem escritos, só que às vezes você peca em pequenos detalhes como: Acentuação, e tempo verbal. Isso deve ocorrer talvez por conta de seu corretor ortográfico, de qualquer forma são detalhes mínimos, mas que fazem a diferença entre um "regular" e um "ótimo". Peço que revise o texto ao menos umas três vezes para ter a total certeza do mesmo estar impecável, digo, minimamente coeso. Pela rigorosidade da avalição para esse tipo de treino, terei (por conta dos motivos já citados) que dar um "regular", desta vez.


OBS: O correto é "Primeape"
avatar
Son'

Poke Regras :
Masculino Número de Mensagens : 1273
Localização : Johto
Data de inscrição : 19/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por ─ Sephynar. em 10th Agosto 2014, 16:18

Evo-fight!



Remeter-se a outro nível de dificuldade era a meta para o púbere de madeixas marrons e com olhos cansados; devido ter acordado há pouco tempo. Porem havia conseguido deslocar-se em algum tempo e até que rápido para a outra parte da colina, podendo vislumbrar a maravilhosa vista da cidadela abaixo de seus pés. Ela era envolta por um rio imenso e ao seu extremo norte era possível ver a continuação do arquipélago. Descer a rota da colina renderia algumas aventuras extras, com a terra batida e ainda encharcada do sereno da madrugada eu rolei alguns metros por ter escorregado. Um profundo ódio emanava do meu coração, adorava aquela calça cinza. No entanto eu me desviei muitíssimo pouco, mas pude ver em direção transversal alguns coqueiros se mexendo.
Pela primeira vez eu pude ver com meus próprios olhos um pequeno grupo de Exeggutors, eles eram engraçados. Seu semblante transpassava paz, e de certo modo muita preguiça. Dentre as arestas das arvores para que eu não caísse novamente, além de que estava sendo até mais rápido.






Ao tocar a planície, fitei com fulgor o aparecer de um Pokémon cognominado pela minha dex de tangela. Era a oportunidade perfeita, retirei a pokebola contendo Charmander de meu bolso direito e com um movimento giratório de 180 graus, arqueei meu corpo e a lancei; exclamei seu nome e o pus em modo de ataque.
Nos não teríamos tempo para arquear uma estratégia ou quiçá, desistir agora. – Vamooooos nessa!!! – O urro de Ghael seguia-se dos primeiros movimentos, avançando para cima do adversário charmander expelia por sua boca uma quantidade enorme de uma densa massa negra; a cortina de fumaça. Após, rodeou com maestria para sair da frente do inimigo. Prevendo que pudesse pegar este pelas laterais. Porém, o inimigo utilizava-se de seu Power whip. Era a  tática mais efetiva e que agregaria maior bom senso. Isso me deixou furioso, agora charmander não poderia se aproximar, e no meio da fumaça ele ainda havia tomado  uma chicotada caindo para trás. O deslocamento de ar provocado pelas chicotadas tinha dissipado a grande parte da fumaça, outrem ainda não estava acabado. – Char, use fire spin e vá para cima dele!!! – Exclamei com confiança e com muita fé. Char deslocou seu pequeno corpo de forma astuta e limpa, podendo chegar tão perto e   tão  rápido que nem mesmo seu treinador acreditava. Ao tocar  no corpo do inimigo as chamas foram se desarticulando, dado espaço agora ao seu ultimo golpe do arsenal.
Naquela distancia não haveria chances para o adversário, não era o objetivo capturar aquele Pokémon, mas era que charmander evoluísse. –  Inferno! – Pronunciei com um tom audível e leve, mesmo tentando exalar poros soníferos,  não surtia efeito. O jorro de chamas era tão massivo que até algumas plantas e a grama do solo estavam negros. Caiu como um pequeno vaso, o Pokémon havia sido nocauteado. No entanto um brilho incomensurável emanava de char, dando aspecto de aura, porém ele estava apenas evoluindo para Charmeleon.







avatar
─ Sephynar.

Poke Regras :
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 31/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por Son' em 10th Agosto 2014, 17:38

Avaliação

Um texto curto, porém bem escrito. Seu texto foi bom, mas ainda peca em erros bobos na falta de acentuação em determinados locais, como em: "Arvores", o correto seria aplicar o acento agudo no "A". Sua história foi bem simples: Encontrou um Pokémon selvagem ao deslizar de uma colina e, assim, deu de cara com o tal espécime e logo iniciou uma batalha. Visto isso irei avaliar como:

Boa
avatar
Son'

Poke Regras :
Masculino Número de Mensagens : 1273
Localização : Johto
Data de inscrição : 19/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornada ─ Ghaele

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum